Em busca do estilo próprio

terça-feira, setembro 29, 2015


Este não é um post elaborado para apresentar estilos tendenciosos das últimas estações, nem dizer a ninguém que determinada peça não combina com algum tipo de personalidade. Muito pelo contrário. A busca pelo estilo próprio não para. E este trabalho é mais importante do que se imagina, pois ele interfere na construção da auto-estima e na reeducação financeira, também trazendo mais criatividade e pulso nas decisões cotidianas.

Quando se encontra o estilo ideal, muito tempo é economizado, pois deixamos de caminhar por lojas diversas atrás de peças "da moda", com objetivo de se encaixar nos padrões. O dinheiro também passa a ser melhor aplicado e as compras furadas saem de cena, dando lugar às peças que serão bem utilizadas e terão vida útil no armário.

Importante saber que,
Encontrar o estilo próprio não deve ser uma tarefa árdua. Assim como há pessoas que gostam de ter um estilo definido, também existe quem prefere variar bastante na escolha das peças diárias. Este trabalho de encontro com as preferências de estilo é algo destinado a quem quer mais facilidade na hora de comprar e ter mais satisfação com os próprios looks. Então, seguem algumas dicas que deram muito certo na minha vida.

Defina o que é importante
Isso tem muito a ver com sensações. Ou seja, o que é importante nas suas peças? Conforto, qualidade, modelagem, cores. Faça uma escala disso e passe a qualificar suas peças a partir desses quesitos. Caso vista algo que lhe incomode ou que restrinja algo que foi decidido, deixe de lado, não vale a pena se sentir mal vestindo determinada peça.

Recicle
Reciclar, nesta caso, é dar uma boa analisada no que está ocupando espaço no seu armário. Existem peças que estão lá apenas por apego, mas na verdade, não contribuem em nenhum look, em momento nenhum. Geralmente, elas não combinam com nada e, portanto, acabam sendo excluídas do estilo, só não saem do armário. Hora de tirá-las de lá e deixar apenas o que realmente contempla o estilo e o gosto pessoal.

Tenha peças-chave
Este papo de peças-chave não é furado, como muita gente pensa. As peças-chaves são itens essenciais na composição de looks certeiros. Elas são conexões entre roupas que aparentemente não combinam, ou seja, a vantagem de tê-las é maior ainda quando lembramos que a vida delas é muito longa e útil, pois geralmente são neutras e confortáveis.

Aprove-se
De nada adianta seguir todas as dicas acima, se não há aprovação própria para tudo isso. É essencial gostar desse processo. Se você acredita que não precisa encontrar o seu estilo para organizar melhor o seu armário, tudo bem. Isso não é uma regra. Afinal, na moda não há regras, elas são inventadas, às vezes, para nos enquadrar em padrões e tornar o consumismo mais presente. Portanto, se achar que vale a pena encontrar suas preferência assim, vá em frente.

Por experiência própria, digo
Havia um momento da minha vida em que não sabia mais compor nada, pois não me encontrava em um estilo meu, algo que pudesse denotar minha personalidade. Isso me incomodava muito, por isso decidi encontrá-lo à minha maneira. Isso facilitou demais as escolhas seguintes. Hoje eu gosto de todas as peças que tenho e, quando elas não se adaptam às demais, eu me desfaço delas - troco, vendo, doo. Me sinto bem melhor com as escolhas de look e sempre avalio novas necessidades de compra.

Um beijo.

Você pode gostar também:

4 comentários

  1. Isso de encontrar o estilo próprio é muito difícil, até hoje eu não sei qual é o meu. Acho que estou muito bem no minimalismo. Gostei de cada uma das dicas, tenho que colocar em práticas.
    Beijos,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Fran. Então, se vc se sente bem em algum estilo já formado, ótimo. Às vezes nem precisa mudar. Mas o mais interessante é ter suas próprias referências definidas, pautadas somente naquilo que vc gosta. ;)

      Excluir
  2. Marina, que maravilha seu blog! Estou adorando!!
    Esse post foi quase que uma luz na minha vida. Estou trabalhando pesado ultimamente pra descobrir meu estilo pessoal, e não está sendo fácil.
    Suas dicas foram muito valiosas... tenho muitas peças que não conversam com mais nada no meu guarda-roupa, não uso mas continuam lá, talvez por apego, talvez por pura dó do dinheiro que gastei nelas.
    Mas vou fazer uma boa limpa no meu guarda-roupa. Tenho percebido que isso está prejudicando até minha auto-estima, porque eu abro meu guarda-roupa e não gosto do que vejo lá, consequentemente, não estou feliz com o modo que me visto.
    Já estou trabalhando a parte das compras, comprar menos e melhor, agora é a hora do desapego!
    Beijo!

    http://brigadeirodeamora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário também é uma luz pra mim, hahaha. Fico feliz que tenha ajudado. Sempre digo que tudo começa com a organização e com pautas daquilo que vc gosta. Então vc está no caminho certo e vai dar tudo certo. Em breve, vc estará super bem com os seus looks e, por consequência, com sua autoestima.

      Excluir

Você gostou? Então, comente!

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *