Motivos (fofos) para ver Os Vingadores -A Era de Ultron

terça-feira, abril 28, 2015

Natasha Romanoff  interpretada por Scarlett Johansson, em Os Vingadores - A Era de Ultron
Muitas moças amantes dos filmes de época torcem o nariz na hora ir ao cinema para ver ação e ficção, na maioria da vezes, sendo levadas pelos namorados e maridos. No entanto, eis uma opção que ainda está nos cinemas e é legal o suficiente para deixar o gosto tradicional de lado e rir um pouco com mais uma produção genial da Marvel. Por que? Porquê existem motivos bem fofinhos para as moças vintagers também amarem o filme.

Natasha Romanoff, a única Vingadora
Linda, ruiva e extremamente habilidosa, a heroína é interpreta por Scarlett Johansson é a única mulher entre os vingadores, até a chegada da Wanda Maximoff (Feiticeira Escarlate), que dá a entender, no fim do filme, que também se integrará à equipe. Romanoff foi treinada desde a infância, na então União Soviética, para se tornar uma assassina, ainda há histórias de que ela tem seu envelhecimento retardado, pois passou por experimentos em tempos de guerra. De qualquer forma, todo o brilho e glamour do filme se concentram na moça que, além de genial, ainda usa saia, salto alto e está sempre com o cabelo impecável.

Thor, um deus poeta
Sim, ele é lindo com cabelos longos e loiros, mas, além de ser o Thor, ele também é romântico e poético. O Vingador originário da mitologia Nórdica sempre tem algo a declarar da forma mais digna e rebuscada possível. Afinal, é um ser mitológico e precisa honrar a função de um deus.

O Capitão América é vintage
Só o fato dele ter lutado na Segunda Guerra Mundial e ter ficado congelado dos anos 1940 até 2000 já o torna vintage o suficiente para admirá-lo. Tudo isso sem contar que ele ainda usa o cabelo militar penteado para o lado e jaquetas bomber de couro. O herói americano ainda fala manso, não pronuncia palavrões e se comporta como se tivesse mais de 70 - o que na verdade tem.

Sim, tem romance
E não fica a cargo de Pepper e Stark. Dessa vez, a linda Romanoff e Bruce Banner (O Hulk) quase formam um casalzinho fofo e super-poderoso. O mais lindo e doce é ver o quanto eles são diferentes, mas cute juntos, mas só no próximo filme, porque neste eles ainda nem dão beijinho.

Tudo vem dos Quadrinhos
Simples. Tudo que dá vida aos personagens não veio de outro lugar, se não, os quadrinhos dos mestres Stan Lee e Jack Kirby. Quer coisa mais cult e criativa do que isso? Ainda torna cada personagem mais emblemático, pois cada um deles têm histórias próprias, muito além dos Vingadores e com bastante tempo de existência.

No fim, depois de muita bomba, tiro, socos e ponta-pés, você percebe o quanto o filme foi legal simplesmente por que os efeitos são incríveis e, sim, há uma etapa de hipnose que o faz pensar, mesmo que por um minuto, que deve ser muito fácil ser um herói da Marvel, só que não e você volta pra sua real, sem se tocar, claro, no quanto é inacreditavelmente bom e excepcional por viver no mesmo mundo retratado no filme, só que sem ter super-poderes.

Assistam!

Você pode gostar também:

0 comentários

Você gostou? Então, comente!

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *